Informação para a Indústria de Construção Civil, Obras Públicas e setor mineiro

Construção: AICCOPN faz Inquérito à situação do setor

15/09/2022

De acordo com a informação obtida no inquérito à situação do setor, realizado pela Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), no 2º trimestre de 2022, aumenta para 62% o número de empresas que indica estabilização de atividade. Tendo-se mantido inalterados os principais constrangimentos à atividade: aumento dos preços das matérias-primas, da energia e dos materiais de construção e falta de mão de obra especializada. 

foto

Conforme observado no inquérito, 62% das empresas indicam que os seus níveis globais de atividade se mantiveram estáveis, valor que é 5 pontos percentuais (p.p.) mais elevado que os 57% verificados no 1º trimestre do ano. 26% das empresas aponta para um incremento da atividade, valor que é praticamente igual ao registado no trimestre anterior (27%). Identifica-se, ainda, uma redução no peso das empresas que assinalam um decréscimo da atividade, para os 12%, menos 4 p.p. que os 16% apurados no 1º trimestre.

Quanto aos constrangimentos à atividade, no segmento das obras públicas, o aumento dos preços das matérias-primas, energia e dos materiais de construção foi assinalado por 71% das empresas e a falta de mão-de-obra especializada foi indicada por 66% das empresas, com ambos os registos a situarem-se apenas 1 p.p. abaixo do apurado no primeiro trimestre. A escassez das matérias-primas / materiais de construção foi apontada por 40% das empresas e o problema dos preços-base demasiado baixos dos concursos públicos foi indicado por 28%.

foto

Evolução da atividade global, resultante do inquérito à situação do setor da AICCOPN.

No segmento das obras privadas, o principal constrangimento à atividade, o aumento dos preços das matérias-primas, energia e dos materiais de construção, foi assinalado por 82% das empresas (86% no trimestre anterior), enquanto que a falta de mão-de-obra especializada foi apontada por 79% (78% no primeiro trimestre). A escassez das matérias-primas e dos materiais de construção, continua a ser o terceiro problema mais identificado, mas reduziu significativamente o seu peso para os 44%, menos 15 p.p. que o verificado no trimestre anterior.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

engeobras.pt

Engeobras - Informação para a Indústria de Construção Civil, Obras Públicas e setor mineiro

Estatuto Editorial